Menu

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

AGRADECIMENTO A ITÁLIA

Hoje, o Hospital Pediátrico "São José em Bôr" dedica o dia a Itália. 

Caros amigos e simpatizantes do Hospital, queremos solicitar-vos a uma reflexão, particularmente e exclusivamente, sobre esta obra (Hospital) que foi idealizada e edificada pelo falecido Pe. Ermanno Battisti e seus compatriotas benfeitores italianos. 

Esta obra é uma entre muitas obras sociais realizadas pelas organizações e missões italianas na Guiné-Bissau. Nós temos dificuldades em enumerá-las. Escusamo-nos de o fazer para não cair no erro.

Não obstante a variedade e inúmeras obras sociais realizadas que não podemos descrever, gostaríamos de enaltecer a obra em que nós fazemos parte e contribuímos para edificar.  O Hospital Pediátrico "São José em Bôr" foi construido para atender crianças doentes. Hoje o Hospital é uma referência nacional em matéria de pediatria e cirurgia. 

Em 2005 via-se esta obra erguer-se numa zona, na altura, considerada não urbana. Muitas pessoas se questionavam sobre a viabilidade deste projecto sanitário numa zona sem habitações. Perguntava-se: quem iria depois consultar-se naquele Hospital? A visão do Pe. Ermanno Battisti e seus colaboradores ultrapassava a visão comum das pessoas. Este Grande Homem afinal já tinha pensado o Hospital real antes da construção de edifícios. Como? Ele pensou o Hospital quando começou a financiar os estudos de jovens guineenses em medicina através de seus amigos e irmãos italianos. E ele dizia  aos jovens estudantes que eles deveriam depois regressar dos estudos para participar na concretização da ideia de atender pessoas e salvar vidas.   

A semelhança de  escocês James Watt,  os americanos: Thomas Alva Edison,  Steve Jobs e outros, o Padre Ermanno Battisti conseguia ver uma realidade que muitos não eram capazes de ver. Esta realidade era e é o Hospital que temos Hoje, uma bela flor na área de saúde na Guiné-Bissau.  


Ao Padre Ermanno Battisti e aos seus benfeitores, queremos hoje dedicar este dia. Que Deus lhes dê uma recompensa na medida justa! Para aqueles que já deixaram este mundo (próprio Padre Battisti, Anna Borella e outros) que as suas almas descansem em paz!


Obrigado Itália!


Sem comentários:

Publicar um comentário